Estrutura de Dados

26 12 2007

Olá caros amigos leitores, este ano vou continuar com a mesma intenção de quando criei este blog. Vou apresentar todas as matérias deste 3º semestre. Apresentarei em outros posts as seguintes matérias:

Matemática Financeira;
Modelos Organizacionais e Inovação Tecnológica;
Orientação a Objeto;
Probabilidade e Estatística;
Sistemas de Programação;
Projeto Interdisciplinar I;

Assim o post não ficará grande, post pequenos também são mais bem apreciados.

Estrutura de Dados:

Uma vez que procedimentos são, efetivamente, processadores de dados, a eficiência de um procedimento está muito associada à forma como seus dados são organizados. Estrutura de dados é o ramo da computação que estuda os diversos mecanismos de organização de dados para atender aos diferentes requisitos de processamento.

As estruturas de dados definem a organização, métodos de acesso e opções de processamento para a informação manipulada pelo programa. A definição da organização interna de uma estrutura de dados é tarefa do projetista da estrutura, que define também qual a API2.1 para a estrutura, ou seja, qual o conjunto de procedimentos que podem ser usados para manipular os dados na estrutura. É esta API que determina a visão funcional da estrutura de dados, que é a única informação relevante para um programador que vá utilizar uma estrutura de dados pré-definida.

São utilizadas nas mais diversas áreas do conhecimento e com os mais deferentes propósitos de aplicação. A escolha de uma estrutura de dados apropriada pode tornar um problema complicado em um de solução bastante trivial. O estudo das estruturas de dados está em constante desenvolvimento, mas apesar disso, existem certas estruturas clássicas que se comportam como padrões.

Algumas estruturas de dados:

Vetores ou Arrays: Lista, Pilha, Fila, Árvores, Árvores binárias e tabela de hashing.

Estruturas de Dados – Tipos de Coleções

Até o próximo post sobre matemática financeira.

UltraG


Ações

Information

6 responses

9 01 2008
bjornn

E aí Gú, você já fez sua matrícula na faculdade?
Não me vá perder o prazo.

Quando precisar da grana para pagar me avise, pq esse mês não chegou boleto lá em casa.

9 01 2008
bsideias

Ainda não, o prazo para fazer é de 14 a 25/01/08 pela internet. Já o dinheiro achei isto no site do campus:

O boleto da 1ª parcela será gerado com data de vencimento para o último dia da matrícula (28/1/2008) e ela somente será considerada efetivada após o pagamento.

O boleto da 2ª parcela com vencimento em fevereiro deverá ser impresso no momento da matrícula, pois não ficará disponível para impressão após este processo e não será enviado para o seu endereço.

11 03 2008
Lista Ligada « BSIDÉIAS

[…] um outro post sobre Estrura de Dados apresentarei o conceito de Árvore e suas […]

10 09 2008
Leandro

Prezado UltraG

Estou no 3º semestre de BSI no senac e nao conhecia este blog. Creio q ele vai ser de grande ajuda.
Minha Duvida é a seguinte: Eu tenho uma lista ligada e nao estou conseguindo serializa-la. No caso a minha lista ligada eh formada de varios objetos. qual o melhor comando pra fazer a persistencia? a melhor extensão eh .xml ou .bin?

Abraço. e parabens

10 09 2008
bsideias

Olá Leandro,

Eu prefiro usar .xml apesar de ambos serem lerdos em comparação com persistencia em um DB. Imagino que irá usar para o projeto inter esta implementação.

Primeiro, na classe que será serializada você deve adiconar o atributo “[Serializable]” acima da declaração da classe e também o namespace “using System.Xml.Serialization”, assim sua classe já poderá ser serializada.

Segundo você tem o método para serializar a classe que tem essa cara para serializar um “PRODUTO”, que é o que precisa:

using System.Runtime.Serialization.Formatters.Soap;
using System.Xml.Serialization;
using System.IO;

// Serializa nossa lista ligada com todos os produtos cadastrados
public static void SalvaArquivoProdutosListaLigada(Celula obj)
{
if (obj != null)
{
SoapFormatter save = new SoapFormatter();
FileStream file = File.Create(“produtosListaLigada.xml”);
save.Serialize(file, obj);
file.Close();
}
else File.Delete(“produtosListaLigada.xml”);
}
Para cadastrar um produto você cria um objeto do tipo do seu produto.
Ex:
Celula novoProdutoAvl = new Celula(Nome do cd, Genero, Artista, etc);

E chama o método.
Ex:
“Classe do método”.SalvaArquivoProdutosListaLigada(primeiroProduto);
Obs: O método é estático!

E para deserializar:

//Restaura uma lista previamente serializada com todos os produtos cadastrados
public static Celula CarregaArquivoProdutosListaLigada()
{
if (File.Exists(“produtosListaLigada.xml”))
{
SoapFormatter sXML = new SoapFormatter();
FileStream leitor = new FileStream(“produtosListaLigada.xml”, FileMode.Open, FileAccess.Read);
Celula produto = (Celula)sXML.Deserialize(leitor);
leitor.Close();
return produto;
}
return null;
}

Obs: Essa serialização é para arquivos .xml.

Bom Leandro, por hora acho que isso resolve seu problema.

UltraG

6 12 2008
Bruno Gumier

olá vcs podem me ajudar, para entregar esse ponto controle para segunda feira 08/12
Desenvolver uma aplicação em C que leia um arquivo texto com o seguinteconteúdo: 1234567(89)765456789 O programa deve ler linha a linha até o final e disponibilizar um menupara o usuário com as seguintes opções: 1 – Soma2 – Multiplicação3 – Subtração Caso o usuário informe soma, o programa deve calcular a soma de todos onúmeros linha a linha e informar ao usuário Caso o usuário informemultiplicação calcular a multiplicação. E no caso de subtração,subtrair todos os números.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: